Segue-nos por email

18/11/2011

O ano de 2011

Sala de ensaios
Os primeiros ensaios de 2011 trouxeram uma certeza. Era preciso compor novo material, assimilar algumas ideias e preparar alguns concertos.
Para trás ficava um ano em que nasceram temas como "Sonhos Desfeitos" ou "Redenção" e a prioridade foi o trabalho conjunto na sala de ensaios. O ano zero da nova década foi para nós um momento de viragem, não por alguma mudança, mas sim por deixar respirar o projecto, o que ficou bem patente pelas poucas aparições do grupo e onde só por uma ocasião foram apresentados os novos temas.
Semana Académica de Elvas
Mas se 2010 não foi um ano de concertos, este ano fazia todo o sentido apresentar os novos temas de norte a sul do país, dentro e fora de portas, pois não há banda que resista estar longe de um público que saiba balizar o trabalho desenvolvido.
O começo do ano ficou marcado pelo aparecimento de canções como "Senhor Doutor" ou "Sete Vidas de Cão", reflectindo um pouco das vivências de cada um e, sobretudo, o regresso à crítica social, num período em que falar de crises, troikas e afins se tornou moda.
Showcase FNAC Algarve Shopping
Em Maio, a habitual Semana Académica e da Juventude de Elvas foi parte integrante da digressão, mais do que tocar lá fora é preciso saber o que os da casa nutrem pelos temas dos Leapkick. Seria uma noite especial pelo profissionalismo da equipa de som, pela exuberante assistência, pelo convívio e por estarmos perante a estreia de um grupo da terra, o qual por sinal emprestou o seu vocalista para fazer uma perninha num tema da nossa autoria, sem que nada o prevesse.
Tampinhas Rock Solidário - Azevia
O contacto para um showcase no Algarve, em pleno mês de Julho, surgiu com entusiasmo, acima de tudo, pela visibilidade e reconhecimento que a Fnac confere às bandas portuguesas de músicas originais. Tratou-se de uma experiência, para nós, bastante positiva num contexto de concerto diferente, mais intimista e com uma assistência atenta e de diferentes gerações.
Raya Jovem Summer Fest 2011
Duas semanas depois, ainda em Julho, seguiram-se dois espectáculos em dois dias. Regressámos a Elvas e pela primeira vez à velhinha e acolhedora Sociedade Recreativa 1º de Dezembro, a popular Azevia, para um concerto solidário, conjunto com os MadeIn, com o propósito de angariar tampinhas para uma criança da cidade que necessitava de uma prótese para um dos membros superiores. Uma noite de emoções fortes, de música, carinho e afectos a demonstrar que os valores e a causa social é preocupação das bandas e instituições locais. No dia seguinte rumámos até ao Raya Jovem Summer Fest, em Campo Maior, num evento para o público de massas e especialmente dedicado à juventude. O alinhamento já consolidado com as experiências nos concertos anteriores serviu de base para os restantes espectáculos da tournée. Mais uma vez acompanhámos os MadeIn e ficámos a conhecer os campomaiorenses The Prozac e os seus originais em bom português.
Festas do Povo em Campo Maior
Um mês depois, mais bronzeados, com uma pausa pelo meio regressámos para uma noite nas Festas do Povo, novamente em Campo Maior, desta vez, inseridos num evento amplamente divulgado na Península Ibérica. O bar "Sai de Gatas" recebeu-nos num palco apertado, mas suficiente e bem apetrechado, para os temas inéditos dos Leapkick.
Casa Viva no Porto
Em Setembro subimos até à capital do norte do país. A invicta aguardou-nos para um concerto na Casa Viva, juntamente com os Circus Made The Town (Lisboa) e os Duas Semi Colcheias Invertidas (Lisboa).
Foi, até ao momento, um dos últimos concertos da digressão de 2011 que nos abre o apetite para o próximo ano em que vamos, certamente, prosseguir com a composição de novas datas e músicas.

Sem comentários: