Segue-nos por email

24/05/2010

Leapkick abriram para Tara Perdida

Na abertura da edição 2010 da Semana da Juventude e Académica de Elvas foi uma honra ter os BFOR a antecipar o nosso concerto e, depois, os Tara Perdida a fechar a noite.
Os Leapkick estrearam três novos temas (Vício de Viver, Sonhos Desfeitos e Redenção) e o resultado parece-nos positivo. Haverá certamente muitas arestas a limar, no entanto, ainda assim esperamos ter contribuido para a diversão dos jovens, dos menos jovens e ao fim ao cabo de todos aqueles que se deslocaram ao Rossio de São Francisco para a primeira noite da iniciativa. Também merecem uma nota aqueles que não gostaram e esperamos que tenha havido, afinal o nosso objectivo é chegar ao público mainstream e, para isso, é natural que a nossa música não tenha de ser bem acolhida entre todos.

Com o teste de som a começar um pouco mais tarde daquilo que seria esperado, devido ao atraso da inauguração do certame, queremos uma vez mais dizer que os responsáveis pelas escolhas deste novo palco e da empresa de som só podem estar de parabéns. Os técnicos super competentes, material de luz e som de boa qualidade e o palco com espaço suficiente para mover para fora do palco uma bateria montada num estrado amovível. Todos os pormenores contam para que um espectáculo corra sobre rodas. Pena que durante a tarde e instantes do espectáculo os camarins estivessem trancados, não permitindo mudar de roupa antes de subir ao palco ou um qualquer minuto de concentração. Não sei se foi assim nos restantes dias, se foi não nos pareceu muito bem. Mas um pormenor não belisca sequer o bom ambiente no seio da banda, ansiosa por mostrar as três novas músicas e o restante alinhamento.

O concerto correu de feição. Nos primeiros temas houve alguma dificuldade em equilibrar o som das guitarras (pelo menos em palco), mas nada que ao 2º ou 3º tema estivesse já resolvido. Algo que não estava previsto era a gravação audio do concerto e foi quase por acaso que isso aconteceu. Esperamos revelar daqui a algumas semanas uns trechos da actuação. Os vídeos também existem, no entanto, somente de três a quatro temas e como o som não está nada de especial é pouco provável que sem uma mistura de som e vídeo conheçam a luz do dia.

Nota positiva: O público. Para uma segunda-feira compareceu em bom número, algo que não esperávamos por se tratar de um dia de semana.
Nota negativa: Nada a assinalar.

O resto só com a vossa opinião lá chegaremos. Publicamos tudo o que são opiniões positivas ou negativas, desde que identificadas e sem mensagens com conteúdo impróprio:)

Sem comentários: